7 de out de 2008

No que você pensa quando está numa rave?

pessoas na ravePost retirado do site Psicodelia.org, escrito por Rafael R (mais textos dele em Justplay.Info).

* Meu comentário:
Fantástico esse texto do Rafael! No blog ele indica 3 músicas para serem ouvidas enquanto você lê esse texo.
Eu indico esse vídeo do GMS vs Wrecked Machines: Round and Round.
Boa leitura!
Ouça!
Finja que não tem ninguém por perto, feche os olhos. Coloque um óculos escuro, eles podem lhe passar alguma segurança. E preste atenção no ritmo, no número de batidas, nas sensações que são despertadas a cada nota daquela melodia única. Com seus pés no chão, em momentos alternados, feche bem os olhos. Tente perceber coisas novas, tente se conectar com o ambiente que o cerca. Curta esse momento sozinho, não permita que ninguém lhe interrompa. Faça uma calma viagem pelos seus sentimentos mais profundos, perceba sutilezas e estímulos que nunca havia notado, deixe que o subconsciente desperte e aflore.
Sinta!
Descubra-se um pouco, entenda seu lugar no mundo. Note ao seu redor pessoas emanando boas vibrações e encha-se de luz, de paz e de euforia. Distribua boas vibrações. Recolha pequenos momentos e imortalize-os em seus pensamentos para que possa rever depois. Cruze os olhos e vá além do horizonte, buscando luz, buscando paz. Note a beleza da natureza, e toda sua sabedoria. Idolatre os raios de sol, as gotas da chuva, o ar que respira. Centralize seus pensamentos em tudo que houver de mais natural e belo ao seu redor. Sinta a luz.
Vibre!
Deixe que um pouco dessa emoção seja estravazada por ti, deixe que suas emoções controlem seu ritmo, seus passos. Sinta um arrepio ao passar suavemente uma de suas mãos por todo comprimento do seu braço e note o quanto isso pode ser relaxante. Sente-se, deite-se no chão. Faça o que tiver vontade nesse momento, ele é seu. Porém, não esqueça de comemorar. Você é um ser vivo, que raciocina e se emociona, que tem em sua volta muitas belezas naturais. Você é, definitivamente, uma pessoa de sorte.
Aprenda!
Cada experiência que vivemos vai nos levar mais adiante na busca pela luz. Não tenha medo de errar, não tema e não crie expectativas para quando acertar. Cada passo que damos nos traz novas compreensões, novas dimensões, novos ideais.  Compartilhe o que aprender com o próximo, converse, troque idéias. E não tenha medo de aprender um pouco mais amanhã. Cabe a você saber exatamente o que é bom e o que é ruim para sua vida, tenha certeza ao fazer escolhas e prepare-se para o que vier. A nossa jornada está longe do fim.
Liberte-se!
Esse é um momento seu. Deixe a mente livre para criar, questionar, sentir, opinar. Feche os olhos e faça tudo outra vez.